Home > Emprego > CGT Eletrosul tem 29 vagas de empregos para jovem aprendiz

CGT Eletrosul tem 29 vagas de empregos para jovem aprendiz

Oportunidades de  emprego são para localidades dentro do país, ao todo a empresa pretende contratar 29 pessoas para vagas de emprego em seu programa Jovem Aprendiz. Todos os contratados participarão de um curso profissionalizante proporcionado pelo SENAI.

Estão abertas as inscrições para o Programa Jovem Aprendiz da CGT Eletrosul que está disponibilizando vagas de emprego para jovens que desejam iniciar no mercado de trabalho

Programa Jovem Aprendiz CGT Eletrosul

Para fazer parte do processo seletivo é importante atender aos seguintes requisitos:

  • Ter 16 entre 16 e 24 anos, sendo que o candidato não pode completar a idade máxima durante o curso de formação.
  • Já ter concluído o 1º ano do ensino médio na data de início do curso.
  • Estar matriculado e frequentando a escola.
  • Ter disponibilidade de 4 horas diárias para o trabalho.
  • Morar em uma das cidades que possuem vagas.
  • Não ter feito os cursos que o SENAI está oferecendo.

A Companhia de Geração e Transmissão de Energia Elétrica do Sul do Brasil está proporcionando 29 oportunidades ao todo.

Sendo 24 direcionadas para o curso de aprendizagem industrial de assistente administrativo e 5 vagas direcionadas para aprendizagem de eletricista industrial.

O processo seletivo conta com sistema de reserva de oportunidades para pessoas com deficiência e negros. Os cursos serão disponibilizados em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.

Os selecionados receberão um salário mínimo mensal, mais algumas vantagens, como vale-transporte, vale-alimentação e seguro contra acidentes pessoais.

Como se inscrever para Jovem Aprendiz CGT Eletrosul

Se você se interessou e se encaixa dentro do perfil das oportunidades disponíveis. Então, inscreva-se diretamente no portal Jovem Aprendiz CGT Eletrosul até 30 de novembro.

Leia o Edital antes de realizar a inscrição, pois, a carga horária e o turno dos cursos variam de acordo com a cidade em que serão oferecidos, ao todo, cada formação terá duração de 11 meses.

Fonte: Portal DFR | Imagem: ACCeasa / Energia Hoje